Muitos comerciantes tem aproveitado a greve dos caminhoneiros para praticar preços abusivos em produtos indispensáveis para a população como o gás de cozinha.

Em Campina Grande, o botijão tem sido vendido até R$ 150,00. Ontem um comerciante foi preso , no bairro do Cruzeiro, , acusado de praticar crime contra ordem econômica e financeira.

Uma denúncia anônima dava conta de que ele estava vendendo botijões de gás a R$ 150. Um fiscal do Procon municipal esteve no local e, se passando por cliente, teve a confirmação do próprio comerciante sobre o valor do produto.

O comerciante também não tinha autorização para revender o gás, o que agrava ainda mais a situação dele.

O homem foi autuado em flagrante e pode pegar até 5 anos de prisão

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: PB Agora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.