Mesmo com a Rússia no meio do caminho, a Confederação Brasileira de Futebol quer renovar o contrato de Tite por mais quatro anos, a fim de que o técnico permaneça no comando da seleção até a Copa de 2022, que será realizada no Catar.

Segundo o Globoesporte.com, dirigentes da CBF já negociam a ampliação do vínculo com o empresário de Tite, que gosta da ideia, mas só quer falar sobre o assunto após o Mundial da Rússia.

A seleção brasileira estreia na Copa do Mundo no dia 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Esporte ao Minuto