Seis times entraram em campo neste domingo (14/01) pela segunda rodada do Campeonato Paraibano 2018. O Botafogo-PB recebeu o CSP no Estádio Almeidão, em João Pessoa, e ficou só no empate, em 1 a 1. Já em Campina Grande, o Atlético de Cajazeiras desafiou o Campinense, no Estádio Amigão. O placar terminou em 2 a 1 para os anfitriões.

Na próxima rodada, o Botafogo-PB enfrenta o Treze. Já o CSP pega o Campinense, enquanto o Atlético de Cajazeiras joga contra o Sousa. Os times participantes do Paraibano 2018 estão divididos em dois grupos. No Grupo A estão: Campinense, Botafogo-PB, Sousa, Auto Esporte e Nacional de Patos. Já o Grupo B é formado por: Treze, Atlético de Cajazeiras, Serrano, CSP e Desportiva Guarabira.

Campinense 2 x 1 Atlético de Cajazeiras

Os dois times apostaram na cautela nos primeiros momentos de jogo, com leve vantagem da Raposa, que, com maior posse de bola, conseguia avançar mais em campo e obrigava os adversários a fecharem a defesa. A boa articulação da zaga sertaneja dificultou a vida dos rubro-negros, mas estes não relaxaram e colocaram ainda mais pressão sobre o Atlético. Antes mesmo de o relógio marcar 20 minutos de jogo, Muller Fernandes já tinha chegado perto de fazer dois gols. Apesar da superioridade em campo, o Campinense só conseguiu abrir o placar no fim do primeiro tempo, aos 45 minutos. Rafael Araújo, de cabeça, foi o responsável pela comemoração raposeira.

O Atlético de Cajazeiras voltou para o segundo tempo com duas mudanças no time (Thiago Almeida e Mosquito substituíram Jó Boy e Van Baster) e isso deixou a equipe mais entrosada. Contudo, o Campinense logo recuperou fôlego e demonstrou reação. Aos 28, Rodrigo Silva quase aumentou a vantagem ao receber passe de Tarcísio. Crédito para a zaga do Atlético, que afastou o perigo. Uma nova chance surgiu aos 32 e, desta vez, Rodrigo não desperdiçou. Ele fez o segundo gol após receber a bola de Thiaguinho.

Porém, aos 37 minutos a arbitragem marcou pênalti a favor do Atlético. Jorge Mauá bateu e o goleiro Jeferson fez defesa, mas no rebote o próprio Jorge mandou a bola para o gol, diminuindo a vantagem da Raposa. O gol do empate quase surgiu aos 42 minutos, mais uma vez em jogada de Jorge Mauá.

Botafogo-PB 1 x 1 CSP

O time do Botafogo-PB sentiu dificuldade de partir para o ataque e o CSP não soube aproveitar a oportunidade de crescer em campo, deixando o jogo bastante truncado na etapa inicial. O primeiro tempo seguiu morno e com raros lances que inspirassem risco ao adversário, até que, em jogada polêmica aos 37 minutos, Nando caiu na área e o árbitro marcou pênalti para o Belo. Ele próprio foi para a cobrança, bateu no canto esquerdo e abriu o placar da partida. Com o gol, Nando assumiu a artilharia do campeonato. Até agora, ele contabiliza três êxitos.

O CSP mudou de postura e voltou mais agressivo no segundo tempo. O resultado veio ainda nos primeiros minutos. Aos 11, após bate-rebate na área, a bola sobrou para Henrique, que desviou a bola de letra, empatando o jogo com categoria. O Belo tentou reagir e até conseguiu criar algumas oportunidades, mas não obteve sucesso.

Nacional de Patos 0 x 0 Treze

Sem nenhum ponto marcado na tabela, o Nacional de Patos começou a partida tentando colocar pressão para cima do Treze, que, por sua vez, conseguiu avançar algumas vezes na área adversária. 
Apesar de haver esforço, gol não saiu. A primeira etapa foi marcada mesmo pela ocorrência de muitas faltas. Do lado do Treze, receberam cartão amarelo Alberto, Marcelinho e Ceará. No time do Nacional, a penalização foi para Victor Caicó. 
No segundo tempo, os jogadores voltaram com ânimos mais relaxados, porém a partida foi morna, sem grandes oportunidades criadas.

Na próxima rodada, o Treze pega o Botafogo-PB, enquanto o Nacional de Patos enfrenta o Desportiva Guarabira

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Portal Correio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.