O Campinense foi até a cidade de Ilhéus, no Sul da Bahia, para enfrentar a equipe do Colo Colo e conseguiu um bom resultado, na tarde deste domingo (19), em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série “D”. 
A partida ocorreu no Estádio Mário Pessoa e terminou empatada com o placar de zero a zero.

O empate sem gols acabou beneficiando o Campinense que se mantém na liderança isolada do Grupo 3, com quatro pontos conquistados. O Colo Colo marcou o seu primeiro ponto na competição e ficou na terceira colocação.

Apesar do resultado, as duas equipes promoveram um jogo disputado e com boas chances de gols. O Campinense apresentou melhor volume de jogo no primeiro tempo. O Colo Colo voltou melhor na segunda etapa e chegou mais na meta do goleiro Glédson, da Raposa.

O Campinense entra em campo na próxima rodada contra o Serra Talhada, no domingo (26), às 16h, no Amigão, em Campina Grande. O Colo Colo jogará fora de casa. Os baianos enfrentarão o Coruripe, Estádio Gerson Amaral, às 19h30, no sábado (25).

O jogo
Primeiro tempo
 O Colo Colo levou perigo ao gol do Campinense logo no primeiro minuto de partida. Em dois lances de bola parada, primeiro com Mailson, que cobrou falta para dentro da área e a defesa do Campinense afastou para escanteio. Depois, no tiro de canto, o meia levantou na área novamente e Flávio cabeceou para fora.

O Campinense respondeu logo em seguida. Aos três minutos o volante Negretti arriscou de fora da área e a bola passou raspando a trave do goleiro Waldson. Aos oito, a Raposa deu um novo susto na equipe baiana. Magno cobrou escanteio, buscando o atacante Renan Oliveira, mas a zaga chegou antes e afastou o perigo.

E o jogo permaneceu bastante o equilibrado na primeira etapa, com os dois times alternando subidas ao ataque.

Aos 26 minutos, o Colo Colo chegou com a boa jogada individual de Minho. Ele pedalou para cima de Negretti e finalizou com estilo. A bola passou raspando a meta raposeira. O Campinense respondeu aos 32 com Filipe Ramon, que cobrou falta e o goleiro adversário fez excelente defesa, sem dar rebote.

A equipe baiana deu novo susto aos 42 minutos quando Thiago Araújo tabelou com Jean Carlos e tentou a finalização, mas foi travado pela defesa do Campinense. A esta altura, os donos da casa mandavam no jogo. A partida terminou aos 46.

Segundo tempo
 E o técnico Francisco Diá, da Raposa, implantou duas modificações no intervalo. Filipe Ramon e Rodrigão foram substituídos pelos experientes Gil Bala e Adalgísio Pitbull. Aos sete minutos, Magno tentou o chute de longe, mas a bola subiu demais e foi para a fora. Aos 10, o Colo Colo respondeu em boa finalização de Jean Carlos. Ele finalizou à queima roupa e o goleiro Glédson fez duas grande defesas.

E o Colo Colo quis fazer valer o seu mando de campo. Aos 31 minutos, Minho recebeu lindo cruzamento, mas cabeceou para fora. Na sequência, Mailson cobrou falta na área do Campinense e Thiago Alagoano aproveitou novamente de cabeça, obrigando o goleirão Glédson a operar novo milagre.

Aos 42, a equipe baiana assustou novamente com o chuveirinho para dentro da área paraibana. Mailson cobrou na cabeça de Nildo que também mandou para fora. E a partida terminou em zero a zero no placar.

FICHA TÉCNICA:

COLO COLO
Waldson, Paulinho, Nildo, Michel e Xande Pires; Flávio, Mailson, Jussimar e Minho; Jean Carlos e Thiago Alagoano. O técnico é Gilmey Aimberê

CAMPINENSE
Gledson, David Modesto, Joécio, Tiago Sala e Filipe Ramon; Negretti, Magno, Ronaell e Túlio Renan; Rodrigão e Renan Almeida. O técnico é Francisco Diá.

ARBITRAGEM
Árbitro principal: Eduardo de Santana Nunes (SE)
Assistente 1: Alberto Tavares Neto (BA)
Assistente 2: Carlos Eduardo Bregalda (BA)

HW COMUNICAÇÃO Com WSCOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here