O Campinense foi até a cidade de Ilhéus, no Sul da Bahia, para enfrentar a equipe do Colo Colo e conseguiu um bom resultado, na tarde deste domingo (19), em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série “D”. 
A partida ocorreu no Estádio Mário Pessoa e terminou empatada com o placar de zero a zero.

O empate sem gols acabou beneficiando o Campinense que se mantém na liderança isolada do Grupo 3, com quatro pontos conquistados. O Colo Colo marcou o seu primeiro ponto na competição e ficou na terceira colocação.

Apesar do resultado, as duas equipes promoveram um jogo disputado e com boas chances de gols. O Campinense apresentou melhor volume de jogo no primeiro tempo. O Colo Colo voltou melhor na segunda etapa e chegou mais na meta do goleiro Glédson, da Raposa.

O Campinense entra em campo na próxima rodada contra o Serra Talhada, no domingo (26), às 16h, no Amigão, em Campina Grande. O Colo Colo jogará fora de casa. Os baianos enfrentarão o Coruripe, Estádio Gerson Amaral, às 19h30, no sábado (25).

O jogo
Primeiro tempo
 O Colo Colo levou perigo ao gol do Campinense logo no primeiro minuto de partida. Em dois lances de bola parada, primeiro com Mailson, que cobrou falta para dentro da área e a defesa do Campinense afastou para escanteio. Depois, no tiro de canto, o meia levantou na área novamente e Flávio cabeceou para fora.

O Campinense respondeu logo em seguida. Aos três minutos o volante Negretti arriscou de fora da área e a bola passou raspando a trave do goleiro Waldson. Aos oito, a Raposa deu um novo susto na equipe baiana. Magno cobrou escanteio, buscando o atacante Renan Oliveira, mas a zaga chegou antes e afastou o perigo.

E o jogo permaneceu bastante o equilibrado na primeira etapa, com os dois times alternando subidas ao ataque.

Aos 26 minutos, o Colo Colo chegou com a boa jogada individual de Minho. Ele pedalou para cima de Negretti e finalizou com estilo. A bola passou raspando a meta raposeira. O Campinense respondeu aos 32 com Filipe Ramon, que cobrou falta e o goleiro adversário fez excelente defesa, sem dar rebote.

A equipe baiana deu novo susto aos 42 minutos quando Thiago Araújo tabelou com Jean Carlos e tentou a finalização, mas foi travado pela defesa do Campinense. A esta altura, os donos da casa mandavam no jogo. A partida terminou aos 46.

Segundo tempo
 E o técnico Francisco Diá, da Raposa, implantou duas modificações no intervalo. Filipe Ramon e Rodrigão foram substituídos pelos experientes Gil Bala e Adalgísio Pitbull. Aos sete minutos, Magno tentou o chute de longe, mas a bola subiu demais e foi para a fora. Aos 10, o Colo Colo respondeu em boa finalização de Jean Carlos. Ele finalizou à queima roupa e o goleiro Glédson fez duas grande defesas.

E o Colo Colo quis fazer valer o seu mando de campo. Aos 31 minutos, Minho recebeu lindo cruzamento, mas cabeceou para fora. Na sequência, Mailson cobrou falta na área do Campinense e Thiago Alagoano aproveitou novamente de cabeça, obrigando o goleirão Glédson a operar novo milagre.

Aos 42, a equipe baiana assustou novamente com o chuveirinho para dentro da área paraibana. Mailson cobrou na cabeça de Nildo que também mandou para fora. E a partida terminou em zero a zero no placar.

FICHA TÉCNICA:

COLO COLO
Waldson, Paulinho, Nildo, Michel e Xande Pires; Flávio, Mailson, Jussimar e Minho; Jean Carlos e Thiago Alagoano. O técnico é Gilmey Aimberê

CAMPINENSE
Gledson, David Modesto, Joécio, Tiago Sala e Filipe Ramon; Negretti, Magno, Ronaell e Túlio Renan; Rodrigão e Renan Almeida. O técnico é Francisco Diá.

ARBITRAGEM
Árbitro principal: Eduardo de Santana Nunes (SE)
Assistente 1: Alberto Tavares Neto (BA)
Assistente 2: Carlos Eduardo Bregalda (BA)

HW COMUNICAÇÃO Com WSCOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.