A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba, por meio da Gerência Regional da Borborema, emitiu nota de esclarecimento nessa quinta-feira (29/03), sobre a qualidade da água em Campina Grande e Região.

NOTA DE ESCLARECIMENTO
A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba, por meio da Gerência Regional da Borborema, vem a público prestar os seguintes esclarecimentos sobre a qualidade da água captada no açude Epitácio Pessoa (Boqueirão) e distribuída aos moradores de Campina Grade e de mais 18 cidades da região:

1 – A água, captada no açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), tratada e distribuída pela Cagepa, atende aos procedimentos de controle e vigilância da qualidade para consumo humano e de seus padrões de potabilidade estabelecidos no Anexo XX da Portaria de Consolidação nº 5/2017, do Ministério da Saúde;

2 – No que se refere a cianobactérias e cianotoxinas, são realizadas coletas, semanalmente, no açude de Boqueirão, nas Estações de Tratamento de Boqueirão e Gravatá e em diversos pontos da rede de distribuição em Campina Grande;

3 – As análises de cianotoxinas são realizadas pelo Laboratório de Ecologia Aquática (LEAq), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), e em nenhuma situação encontraram-se valores que ultrapassassem os limites máximos estabelecidos no Anexo XX da Portaria de Consolidação nº 5/2017, do Ministério da Saúde;

4 – Devido à presença das cianobactérias, a Cagepa complementou o tratamento convencional, a partir de novembro de 2016. Com ajuda de pesquisadores da UEPB, definiu-se que a complementação do processo seria através da oxidação avançada, com a utilização do peróxido de hidrogênio;

5 – Com a chegada das águas da transposição do Rio São Francisco e com o aumento do volume armazenado do açude – atualmente está com quase 17% de sua capacidade -, houve uma melhora em todos os padrões de potabilidade da água do manancial;

6 – Assim, asseguramos que a água distribuída à população de Campina Grande e mais as 18 cidades atendidas pelo açude de Boqueirão, estão dentro dos padrões de potabilidade estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

João Pessoa, 29 de março de 2018.

Abaixo confira a reportagem da Rede Record.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Portal Diário

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.