Oito presos na operação andaime estão na cela 15 do presídio Regional de Cajazeiras, um está no HRC e outra no presídio feminino.

Os presos na operação Andaime, desencadeada na sexta-feira (26), pela Polícia Federal, MPF e CGU, nas cidades de Cajazeiras, Joca Claudino, Bernardino Batista e Cachoeira dos Índios, já estão nos presídios de Cajazeiras, aonde chegaram por volta das 23:00hs da última sexta-feira, após serem ouvidos na cidade de Patos.

No presídio Regional de Cajazeiras, que é de segurança máxima, estão recolhidos na cela 15, oito presos – os empresários Mário Messias Filho (Marinho) e Afrânio Gondim, o construtor Francisco Justino do Nascimento, os engenheiros Márcio Braga e Arley Fernandes, de Cajazeiras, além de Hélio Farias e os engenheiros do município de Joca Claudino Wendel Dantas e Jorge Viturino.

O engenheiro cajazeirense Horley Fernandes foi transferido, pela direção do presídio, logo que chegou, para o Hospital Regional de Cajazeiras, onde está internado no eixo vermelho, em virtude de complicações em seu estado de saúde. Horley Fernandes e Hélio Farias aguardam o mandado judicial determinando o cumprimento de prisão domiciliar.

A única mulher presa na operação, Laninha Alexandre, esposa do construtor Francisco Justino, encontra-se recolhida no presídio feminino de Cajazeiras.

O juiz da 8ª vara federal de Sousa está apreciando o pedido feito pelos advogados, para que os presos que possuem curso superior sejam transferidos para a sede do 6° Batalhão de Polícia Militar, com sede em Cajazeiras.

HW COMUNICAÇÃO com Jornal da Paraíba

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.