O sinal de alerta foi ligado na gestão do atual prefeito da cidade de Pombal, no Sertão da Paraíba, Abmael de Sousa Lacerda “Dr. Verissinho”, após aliados declararem apoio a pré-candidatura da ex-prefeita Polyana Dutra, maior adversária política do gestor e que pretende postular uma das cadeiras da Assembleia Legislativa.

Aliados considerados ‘fortes’ no apoio ao gestor, demonstram insatisfação com a maneira de governar do gestor que não vem agradando, fato que está gerando descontentamento em aliados e até em pessoas próximas.

Descontentes, aliados de outrora, acreditam que o gestor não obterá um resultado satisfatório para seus candidatos nas urnas pombalenses.

Além da ex-prefeita, um pré-candidato da cidade de Patos, também vem recebendo apoio de uma parte dos correligionários do gestor, que também não apoiam a ex-prefeita.

Verissinho foi eleito em 2016 obtendo 10.677 votos, com uma maioria de 444 votos em relação ao seu adversário Paulo Fragoso.

Durante a campanha, o gestor prometeu pagar o piso nacional do magistério, disse que estudantes universitários não iriam mendigar por ônibus escolar, que iria realizar pavimentação de ruas em diversos bairros da cidade, dentre outras promessas de campanha.

Passados um ano e quatro meses de gestão, além de não ter cumprido com nenhuma das promessa de campanha, o gestor também não realizou nenhuma obra de relevância no município.

Na Câmara Municipal, são inúmeras as críticas ao governo do prefeito Verissinho, para vereadores de oposição a cidade parou no tempo e está regredindo.

Já os parlamentares da base governista anunciam frequentemente a destinação de emendas parlamentares para a realização de diversas obras no município, no entanto, nenhuma obra foi iniciada até o momento.

Nas redes sociais circulam fotos de ex-aliados do gestor, declarando apoio a ex-prefeita Polyana Dutra.

HW COMUNICAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.