Nesta quinta-feira (31/08), o Tribunal do Júri da Comarca de Pombal, no Sertão da Paraíba, se reuniu  no Fórum Promotor Francisco Nelson da Nóbrega, para julgar Wanderley do Nascimento Souza, acusado de ter assassinado seu sogro, José Ferreira de Moraes “Moraeszinho” e sua sogra, Lúcia de Fátima da Silva Moraes, fato ocorrido em 13 de abril de 2004, no sítio Boa Vista zona rural de São Domingos.
(Vítimas)
O julgamento teve início as 09 horas, sendo presidido pela juíza Candice Queiroga, o conselho de sentença foi formado por cinco homens e duas mulheres.
A acusação é do Ministério Público, representado pelo promotor Leidmar Bezerra, a defesa do acusado foi realizada pelo advogado Arnaldo Marques.
(Acusado)
As 18 horas, foi anunciada a sentença que condenou Wanderley do Nascimento Souza, pelas mortes de José Ferreira de Moraes “Moraeszinho” e Lúcia de Fátima da Silva Moraes, a 34 anos de cadeia em regime inicialmente fechado. 
Wanderley foi preso no Paraná, em 27 de agosto de 2016 e estava foragido da justiça desde a data do crime.
Familiares das vítimas protestaram pacificamente pedindo justiça pelo crime bárbaro. Durante todo o julgamento os familiares estiveram presentes.
Henio Wanderley – HW COMUNICAÇÃO
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.