Header Ads

SITE LANDRES

Hospital Regional emite nota esclarecendo caso de paciente que veio a óbito; Confira

A direção do Hospital Regional de Pombal (HRP), emitiu uma nota esclarecendo o caso envolvendo o paciente José Bezerra Lima Neto de 54 anos, que acabou vindo a óbito.

Familiares denunciaram que a vítima não teria sido atendida por não está portando documentos pessoais.

Segundo nota do HRP, o paciente havia sido atendido, ainda conforme a direção da unidade, o paciente tinha se evadido do local.

Abaixo confira na integra a nota enviada pela assessoria de comunicação do HRP.

HOSPITAL REGIONAL DE POMBAL NOTA DE ESCLARECIMENTO A IMPRENSA

A Direção do Hospital Regional de Pombal Senador Ruy Carneiro e a equipe plantonista que estava de plantão no dia, 22/01/2018 no setor de emergência do Hospital Regional de Pombal “Senador Rui Carneiro”, vem através desta esclarecer as acusações e a divulgação negativa que foi vinculada na mídia, sobre o óbito do paciente José Bezerra de Lima Neto.

Informamos que foi aberta uma sindicância no Hospital Regional de Pombal, ás 17:00 Horas do dia 22/01/2018 com todos os envolvidos no atendimento do mesmo e a direção do hospital.

Como resultado da sindicância foi constatado que foi realizado atendimento pelo corpo clínico da unidade como consta na ficha do paciente confeccionada às 03:35 horas da madrugada no setor da triagem e da recepção, sendo este procedimento acompanhado por um parente próximo, tendo o mesmo parente acompanhado o paciente até o ambulatório na presença do médico plantonista, que já o aguardava. De acordo com o apurado foi obedecido todo o protocolo de atendimento, porém não sendo possível concluir diagnóstico e terapêutica do paciente devido a evasão do mesmo que se deu após o início do diálogo entre médico e paciente, desta forma não fica a equipe responsável pela sua liberação médica e nem das dependências do consultório hospitalar. Valendo salientar ainda que a sua esposa, ou seja, a esposa do paciente também esteve presente no momento da saída do mesmo do ambulatório pós passagem pelo médico de plantão. O médico plantonista ainda TENTOU fazer com que o paciente retorna-se ao consultório, situação que não ocorreu.

Os fatos ocorridos foram registrados pela equipe plantonista na Delegacia de Polícia Civil de Pombal através de um Boletim de Ocorrência de Nº 05920/2018.

A direção do Hospital Regional de Pombal e todo corpo clínico lamenta o fato ocorrido, colocando-se ainda à disposição para maiores esclarecimentos.

Atenciosamente.
                   
A direção.

RELEMBRE:

José Bezerra Lima Neto de 54 anos, morreu nesse domingo (21/01), vítima de infarto, em Pombal. Segundo testemunhas, a vítima passou mal e foi lavada ao Hospital Regional, mas não foi atendido por não está portando documentos pessoais.

Os parentes afirmaram que clamaram para que ele fosse atendido, mas sem sucesso. Foi quando decidiram levá-lo para UPA do município, porém, ao chegar no local, José Bezerra teve um infarto e morreu. O  caso gerou revolta entre familiares e a população.

“Onde vamos parar com tanto descaso. Um documento vale mais que a vida. Ele sequer foi examinado por falta de documento. Depois de muito tempo sem ser atendido, os familiares o levaram para UPA, mas quando chegou lá, ele teve um infarto fulminante”, relatou uma das testemunhas. 

HW COMUNICAÇÃO
com Assessoria do HRP e Blog Anderson Soares