Header Ads

SITE LANDRES

Energisa registra mais de 12 mil ‘gatos’ na PB; prejuízo supera R$ 80 milhões

A Energisa registrou 12.600 furtos de energia elétrica na Paraíba, conhecido como ‘gato’. Ao todo, as ligações clandestinas causaram um prejuízo de R$ 80 milhões no ano de 2017. Através de ações com a Polícia, 62 pessoas foram presas no estado.

As informações foram divulgadas pelo gerente do Departamento de Medição e Combate a Perdas da Energisa, Fabrício Sampaio, na manhã desta quarta-feira (10/01) durante entrevista na rádio CBN João Pessoa.

O saldo de prejuízo é ainda maior do que parece. Segundo Fabrício, com o furto de energia o Governo também deixou de arrecadar R$ 23 milhões em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

O artigo 155 do código penal brasileiro classifica como crime as ligações clandestinas e pode acarretar prisão. A população deve denunciar qualquer suspeita do crime.

“A pessoa não tem noção técnica do que é gato, mas ela fica sabendo. Se você tem algum informação, mesmo que seja um boato, denuncie. Se a gente for lá, e não tiver nada vai ser só mais uma verificação de rotina. Mas se tiver, você vai estar inclusive contribuindo para sua tarifa”, explicou Fabrício.

Primeira ação do ano
A primeira ação do ano aconteceu em Campina Grande e João Pessoa e resultou em três prisões. Todas as ações aconteceram por intermédio de denúncias da população.

HW COMUNICAÇÃO
Fonte: Mais PB