Header Ads

SITE LANDRES

Diretoria da OAB de Pombal se reúne com Juíza Corregedora para discutir melhorias para o funcionamento do Judiciário pombalense

A Diretoria da Subseção da OAB de Pombal, por seu Presidente Jaques Ramos Wanderley, se reuniu, na manhã dessa terça-feira (16/01), com a Juíza Corregedora Silmary Alves de Queiroga Vita, para discutir diversos pontos relevantes para a advocacia e jurisdicionados, que acarretará melhorias consideráveis para o funcionamento do Judiciário pombalense.

A reunião foi realizada no prédio do Tribunal do Júri da Comarca de Pombal –PB, localizado na Rua José Guilhermino de Santana, s/n, Petrópolis, Pombal (PB).

Além do Presidente e da Magistrada, também participaram da reunião o Vice-Presidente da Subseção de Pombal, o Dr. Francivaldo Gomes Moura e a Juíza Hyanara Torres Tavares de Souza, que responde pela 3ª Vara da Comarca de Pombal e pela Comarca de Paulista -PB.

Entre as demandas apresentadas à Corregedoria destacam-se: A necessidade de nomeação de juízes e servidores para a Comarca de Pombal; A necessidade de nomeação de servidores e um distribuidor para Comarca de Paulista; A redistribuição de Juízes Auxiliares para o interior; A priorização na expedição dos Rpv´s e precatórios previdenciários através de assinatura eletrônica; Uma comunicação institucionalizada entre os servidores do fórum e os advogados; o Compromisso de estreitamento das relações institucionais entre OAB e Poder Judiciário, através de um diálogo constante e permanente.

A Juíza corregedora Silmary Alves de Queiroga Vita se comprometeu, em encaminhar todos os pleitos da Subseção da OAB para a presidência do Tribunal, com objetivo de que sejam atendidas todas as reivindicações.

Já a juíza Hyanara Torres ressaltou que a parceria entre as Instituições é importante para que os serviços jurisdicionais possam ser melhorados, “o que só poderemos conquistar com a abertura do diálogo entre todos as partes envolvidas neste processo”.

O vice presidente Francivaldo Gomes Moura elogiou a atuação da magistratura pombalense, reiterando a necessidade de um constante diálogo institucional.

O presidente Jaques, enfatizou “É importante unir forças, pensar sempre na melhoria da prestação jurisdicional, garantindo sempre a presença física do magistrado no fórum, para que os jurisdicionados e advogados possam sempre se socorrer de qualquer ameaça ou lesão de seu direito”, afirmou.

HW COMUNICAÇÃO
com ASCOM